MEETINGPACK 2017 em Valência

imageO encontro internacional MeetingPack 2017 terá lugar nos dias 30 e 31 de maio, em Valência (Espanha). É organizado pelo Centro Tecnológico AINIA e pelo AIMPLAS e deverá reunir mais de 300 peritos em embalagem de plástico para alimentos, de diferentes países.

O encontro reúne toda a cadeia de valor da embalagem alimentar. Multinacionais do setor alimentar, fabricantes de embalagens, materiais de embalagem e máquinas de embalagem, bem como representantes do setor distribuição e outros agentes, tais como responsáveis pelas políticas públicas da Europa, peritos em legislação alimentar e em ecologia, irão participar no evento. Entre as empresas que já confirmaram a sua presença estão a UBE, a Dow Chemical, a Repsol, a M&D e a Danone.

imageA edição 2017 do MeetingPack foca o tópico "Conveniência: Guiando a Inovação em Embalagem Barreira", que se traduzirá na análise dos grandes desafios tecnológicos globais neste âmbito, tais como materiais barreira, novos sistemas de produção e embalagem, materiais refecháveis e reseláveis, fabricação aditiva, indústria 4.0, embalagens sustentáveis e reciclagem, embalagem ativas e desenvolvimentos na área dos ensaios e controlo da qualidade. Para ver o programa, clicar AQUI.

As embalagens, em particular com materiais barreira, têm um papel chave, atual e futuro, na satisfação dos requisitos de conveniência colocados pelos consumidores europeus e na forma como é enfrentado o desafio das perdas e desperdícios de alimentos, bem como na necessidade de assegurar e prolongar o tempo de vida útil dos produtos e a segurança alimentar.
O MeetingPack decorre nas mesmas datas da exposição Made From Plastic 2017, a qual registou mais de 3500 visitantes nas edições anteriores.

MeetingPack 2015: Inovações para embalagem alimentar

Uma embalagem de plástico transparente para conservas alimentares, absorvedores de oxigénio que aumentam a duração dos alimentos e sacos para vinho ou azeite são algumas das inovações lançadas durante a conferência MeetingPack2015, nos dias 25 e 26 de Fevereiro.

imageA Kortec apresentou uma “lata” de plástico transparente que pode substituir as embalagens metálicas. A capacidade de conservação vai até aos 5 anos.

Absorvedores

Na Europa, o desperdício de alimentos atinge 95 kg por pessoa e por ano, cinco vezes mais do que no Japão.  Uma das opções consiste em aumentar o tempo de vida útil dos produtos embalados sensíveis à oxidação, incorporando scavengers, isto é produtos com capacidade para absorver o oxigénio residual, como é o caso do desenvolvimento concretizado pela Mitsubishi. Os scavengers podem ser incorporados como agentes externos, nas etiquetas ou em pequenas saquetas no interior da embalagem. Esta tecnologia, que evita a oxidação e a perda de cor dos produtos, é largamente usada no Japão mas ainda pouco na Europa. Uma das suas vantagens é o facto de não exigir a utilização de equipamentos adicionais.

LER O RESTO DA NOTÍCIA