SEMINÁRIO PARA A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

image

Novo evento para a indústria farmacêutica

imageA PHARMA EXPO, nova feira internacional dedicada à embalagem e processamento de produtos farmacêutico, nutracêuticos e dispositivos médicos, terá lugar em paralelo com a PACK EXO, em Chicago, EUA, nos dias 2 a 5 de Novembro de 2014. O novo evento é organizado pelo PMMI (Packaging Machinery Manufacturers Institute, responsável pelas feiras PACK EXPO) e a ISPE (International Society for Pharmaceutical Engineering). Para além da feira, a ISPE vai organizar uma conferência internacional dedicada às tecnologias de embalagem e processamento e aos desafios colocados no ciclo de vida farmacêutico. Para mais informação, clicar HERE.

Sistemas de enchimento asséptico de uso único

image[2]A Bosch Packaging Technology e a Sartorius Stedim Biotech (SSB) anunciaram um acordo de colaboração de longo prazo para o projecto e desenvolvimento de soluções de enchimento de uso único para serem utilizadas em equipamentos de enchimento asséptico da Bosch para produtos farmacêuticos líquidos. A SSB fornecerá à Bosch os conjuntos pré-configurados para enchimento de uso único, formados por bolsas, filtros, tubos e conectores. A Bosch utilizará estes sistemas nos seus equipamentos de enchimento asséptico e nos seus sistemas ‘isolator’, e assumirá também a comercialização dos novos sistemas de enchimento sob a marca Bosch.

Norma europeia para evidência de ruptura na embalagem farmacêutica

Um grupo de especialistas está a elaborar uma norma CEN sobre indicador de ruptura no fecho de embalagens de medicamentos. A iniciativa vem na sequência das recomendações emitidas em 2011 pela UA a propósito da contrafacção de embalagens farmacêuticas. Para além da inclusão de medidas de segurança, essas recomendações também sugerem medidas no sentido da evidência de ruptura: as embalagens devem permitir aos profissionais de farmácia poder verificar se já foram abertas e se existe a possibilidade de o seu conteúdo ter sido alterado. Como as referidas recomendações não especificam as medidas, as empresas e associações farmacêuticas alemãs, juntamente com empresas do sector da embalagem, tomaram a iniciativa de elaborar especificações técnicas sobre a matéria.
A base é um projecto da DIN (o Instituto Alemão da Normalização), previamente elaborado por um grupo alemão. O grupo Europeu deverá tornar público um projecto de norma ainda este ano.

image O grupo Edelmann (fornecedor alemão de embalagens de papel e cartão para medicamentos) está representado em ambos os grupos de trabalho. A Edelmann vê vantagem na prevenção da manipulação das embalagens de cartolina em especial com fecho com indicador de ruptura. Em termos de tecnologia de embalagem, o sistema CElock (patenteado pela Edelmann) fornece essa funcionalidade, já que o sistema de abas com picotado faz com que a abertura inicial fique visível. A solução foi recentemente utilizada para o Sevikar, um medicamento para reduzir a tensão arterial, lançado pela empresa farmacêutica japonesa Daiichi Sankyo.

GEPACK com certificação EN 15593:2008

image_thumb[1]A GEPACK, especialista em embalagem PET, obteve a certificação de acordo com a norma EN 15593:2008. O certificado emitido pela TÜV Rheinland confirma que a GEPACK preenche os requisitos da norma sobre Gestão da Higiene na Produção de Embalagens para  Alimentos.
Baseada nos princípios HACCP, a norma EN 15593:2008 difere da norma ISO 9001:2008, relativa a Sistemas de Gestão da Qualidade. A GEPACK implementou um sistema integrado para a Gestão da Qualidade e da Higiene, de modo a preencher os requisitos de ambas as normas.
A GEPACK produz exclusivamente embalagens PET, com uma capacidade de produção acima dos 150 milhões de embalagens por ano, incluindo projecto e design, moldes, produção e entrega. A empresa é bem conhecida pela sua capacidade para desenvolver formatos standard e especiais, na sua maioria para produtos alimentares e farmacêuticos. A unidade fabril, com 6000m² inclui uma Sala Limpa certificada (ISO 6, Class FDA1000). A GEPACK tem igualmente um registo de Drug Master File Type III (DMF Nº 23 955) na Food and Drug Administration (FDA) e é a primeira empresa portuguesa a obter a certificação EN 15593:2008.

Enchimento de ampolas e frascos na mesma máquina

A nova máquina ARF 10×0 da Bosch Packaging Technology assegura o enchimento e fecho de ampolas. É uma alternativa compacta para pequenas produções de produtos farmacêuticos com cadências até 120 unidades por minuto. Está disponível uma opção em que a mesma máquina pode trabalhar com ampolas ou com frascos para injectáveis.
image A nova máquina consistem em duas estações de gás (antes e depois do enchimento), uma estação de enchimento com duas posições e bombas servo-controladas, e um caudalímetro digital para regulação da chama para regulação do processo de fecho das ampolas. A ignição da chama é automática e pode ser actividade facilmente pelo operador, a partir do painel da máquina. As ampolas ou frascos entram por calha alimentadora inclinada, e são transferidas individualmente para a estrela com movimento indexante. O sistema caracteriza-se pela suavidade dos movimentos e as ampolas (ou frascos) são transferidas em suportes especiais e rodadas para o processo de fecho. Em todo o ciclo, evita-se o atrito com o fundo e com guias laterais, o que não só protege as embalagens como evita a formação de partículas.
Outro aspecto em que a segurança foi melhorada é o movimento pivotante das ferramentas de remoção para a parte traseira da máquina, evitando perturbar o fluxo laminar sobre a ampola aberta durante o fecho. Do mesmo modo, a exaustão central da chama e o descarte das pontas foram configurados para afectar o menos possível o fluxo laminar.
A nova máquina vai ser apresentada na INTERPACK.

Tampas funcionais

image Na feira FachPack 2010 (Nuremberga, 28 a 30 de Setembro, o Optima Group Consumer vai apresentar a nova máquina OPTIMA CFL1, para encher, fechar e controlar as chamadas "tampas funcionais" (tampas com funcionalidades acrescidas, tais como ingredientes sensíveis que são adicionados ao produto apenas quanto a embalagem é aberta). A velocidade do modelo inicial da OPTIMA CFL1, que estará em exibição na feira, vai até às 50 tampas por minuto. A versão "topo de gama" proporciona uma capacidade mázima de enchimento, fecho e inspecção até 1000 tampas por minuto. LEIA MAIS