FEVE celebra o 40.º aniversário

A FEVE – Federação Europeia do Vidro de Embalagem elegeu uma nova direção para o mandato de 2017-2019. A FEVE celebra este ano o seu 40.º aniversário, representante hoje 60 membros empresariais pertencentes a cerca de 20 grupos com mais de 160 fábricas de embalagens de vidro implantadas em 23 países europeus..
Johan Gorter, CEO da Ardagh, foi eleito Presidente da FEVE, ladeado por Jean-Pierre Floris, Presidente e CEO da Verallia, como Vice-Presidente.

image
A indústria do vidro de embalagem é pioneira da estratégia europeia da economia circular. Nos 15 anos mais recentes, a reciclagem garrafa-a-garrafa aumentou 139% na Europa. Cerca de 1,5 milhões de vidrões estão implantados e a taxa média de reciclagem na Europa é de 74%, o que evidencia o êxito da recolha seletiva do vidro introduzida na Europa nos anos 70.
A indústria do vidro de embalagem tem relevância importante na economia europeia. O setor investe mais de 600 milhões de euros por ano na eficiência energética, na redução das emissões de carbono e na melhoria das mais de 160 fábricas, contribuindo para manter um total de 125 mil empregos diretos e indiretos. Os investimentos na modernização dos processos de produção e na produção de garrafas que são 30% mais leves que há 20 anos, mantendo as características de preservação, a reciclabilidade e o design inovador.

Anúncios

Vidrala quer adquirir Santos Barosa

A Vidrala S.A., uma das principais empresas vidreiras ibéricas, tornou pública a intenção de adquirir a Santos Barosa, S.A., fabricante de embalagens de vidro com instalações fabris na Marinha Grande. A aquisição está dependente da finalização das negociações em curso e das autorizações das autoridades da concorrência.
A Santos Barosa SA produz anualmente cerca de 400 toneladas de embalagens de vidro. As previsões para o final de 2017 apontam para um valor de vendas entre 130 e 135 milhões de euros e um valor de resultados de exploração (EBITDA) entre 32 e 34 milhões de euros. O valor da aquisição poderá rondar os 250 milhões de euros, valor que poderá variar em função do valor da dívida assumida nimageo momento da transação.
A Vidrala tem atualmente 8 fábricas de embalagens de vidro, repartidas por Espanha (3 fábricas), Portugal (1), Bélgica (1), Itália (1), Reino Unido (1) e Irlanda (1). Com a aquisição da Santos Barosa, o grupo passará a deter duas fábricas na Marinha Grande: Gallo Vidro e Santos Barosa.
Em 2016, o grupo Vidrala totalizou vendas no valor de 773,1 milhões de euros e resultados operacionais de 170,7 milhões de euros.

Fábricas Vidrala
AIALA VIDRIO (Llodio, Alava, Espanha)
CASTELLAR (Castellar del Vallés, Barcelona, Espanha)
CRISNOVA (Caudete, Albacete, Espanha)
GALLO VIDRO (Marinha Grande, Portugal)
VIDRALA ITALIA (Corsico, Milão, Itália)
MD VERRE (Ghlin, Bélgica)
ENCIRC (EltonCheshire, Reino Unido)
ENCIRC (Derrylin, Fermanagh , Irlanda)

Indústria do vidro reduz emissões e aumenta reciclagem

A Federação Europeia do Vidro de Embalagem (FEVE) levou a cabo um novo estudo de análise de ciclo de vida (LCA) para avaliar o desempenho do sector comparativamente aos dados publicados em 2009.
A comparação entre os dois estudos LCA evidencia progressos relevantes da indústria do vidro de embalagem em termos de teor de reciclado, economia de matérias-primas virgens, consumo de energia e redução de emissões.
O estudo fornece dados detalhados e representativos do desempenho médio da indústria europeia. Não se baseia em casos escolhidos pela sua boa performance. Abrange 84% (17,5 milhões de toneladas) das vendas de embalagens de vidro de 2012 (contra 72% das vendas de vidro de 2007) e 219 fornos de fusão de vidro (205 em 2007). Foram consideradas todas as tecnologias de produção e todas as cores de vidro. O estudo foi também revisto por um painel de especialistas em LCA, incluindo o presidente do comité ISO TC207/SC5 Life Cycle Assessment. Toldos os inputs e outputs da produção de uma garrafa de vidro estão agora disponíveis.
A metodologia LCA ajuda a medir alguns dos principais indicadores ambientais. O estudo LCA da FEVE para embalagens de vidro (garrafas e frascos) analisa cada etapa, desde a extração de matérias-primas até ao fabrico, transporte e destino final das embalagens de vidro após uso. O estudo mostra como a reciclagem em circuito fechado tem um impacto positivo elevado na sustentabilidade da embalagem de vidro. Com este estudo, a indústria conhece melhor a sua pegada ecológica e poderá continuar a avaliar a evolução dos seus indicadores ambientais.

image

O relatório metodológico e o inventário de ciclo de vida estão disponíveis para download no website da FEVE. Para efetuar o registo para download, clicar AQUI.

Logística e Intralogística em Destaque

imageA nova unidade de engarrafamento da UNICER e o novo armazém automático são tema da reportagem publicada na edição n.º 230 da revista REVIPACK. Neste grande investimento, destaca-se a estratégia da UNICER e fornecedores como a KHS (linhas de engarrafamento), a EFACEC (armazém automático) e a SEW-EURODRIVE (accionamentos).
Nesta edição, a logística e a intralogística são temas em destaque. Porque razão as paletes de madeira continuam a ser preferidas? Para Paulo Verdasca, administrador da Madeca, a resposta está na combinação de qualidade, preço e sustentabilidade. A CHEP destaca as vantagens económicas e ambientais do transporte colaborativo.
No entanto, também há mercado para as paletes de plástico, com soluções específicas como as desenvolvidas pela NORTPALET e a Cabka-IPS.
Paletizar não é apenas colocar sobre uma palete. Por isso, esta edição da REVIPACK destaca também sistemas de cintagem e o envolvimento estirável. A REMBALCOM desenvolveu um novo filme estirável com capacidade de estiragem de 400%.
Na área da intralogística, esta edição destaca várias soluções de transportadores. A ANTÍPODA, por exemplo, está a somar êxitos no mercado europeu com soluções modulares projectadas à medida dos clientes.
Nesta edição, a REVIPACK apresenta ainda várias novidades e tendências em matéria de embalagem alimentar, máquinas de embalagem e sistemas de etiquetagem e codificação.
A edição REVIPACK digital (em ficheiro pdf) já foi enviada para os Assinantes. Também pode ser lida on line, clicando na imagem da capa.

Virtual Glass–nova ferramenta de simulação

imageCom a aplicação Virtual Glass, disponibilizada gratuitamente pela Verallia, já é possível criar e simular a decoração de garrafas de vidro num tablet ou iPad, tirando partido do grafismo 3D e da realidade aumentada. Os engarrafadores e designers podem simular e antecipar a imagem de lançamento dos seus produtos, escolhendo os modelos de garrafas, as cores da garrafa, do conteúdo, dos rótulos e da cápsula.
imageDurante o processo de criação e simulação, a garrafa pode girar e mudar de posição, de forma a testar o seu aspecto sob vários ângulos.
Com a tecnologia de realidade aumentada, o utilizador pode simular o impacto visual da garrafa em vários ambientes, desde a prateleira de uma loja até uma mesa de restaurante. Basta “implantar” a imagem da garrafa criada sobre qualquer imagem captada pelo tablet. Deste modo, a garrafa simulada pode ser comparada com garrafas reais e pode mesmo ser “testado” o impacto visual da nova garrafa na prateleira de uma loja.
As garrafas criadas na aplicação Virtual Glass podem ser partilhadas via internet, pela formas habituais.

Para mais informações sobre a aplicação Virtual Glass, clicar AQUI.

Reciclagem de vidro acima de 70%

A taxa média de reciclagem de embalagens de vidro na Europa ultrappassou a barreira dos 70%, segundo as estimativas da FEVE, a federação europeia dos fabricantes de embalagens de vidro, para o ano de 2012. Maiis de 25 mil milhões de garrafas foram recolhidas para fabricar novas garrafas. A economia de matérias-primas daria para construir duas pirâmides do Egipto.
A reciclagem permite menores consumos de matérias-primas apesar do crescimento do mercado. Entre 1990 e 2012, o consumo de produtos embalados em vidro na União Europeia aumentou 39%. A reciclagem aumentou muito mais – 131%. Como resultado, obteve-se uma grande economia de matérias-primas, uma redução das emissões de CO2 e do consumo de energia na fabricação de novas embalagens. Os dados da indústria apontam para uma clara descolagem entre o crescimento da indústria, por um lado, e a procura de matérias-pri as e os impactes ambientais, pelo outro lado. Graças à reciclagem, economizaram-se 189 milhões de toneladas de matérias-primas e 138 milhões de toneladas de resíduos deixaram de ir para os aterros.

Concurso de Design & Criatividade

A Verallia Portugal declarou aberta a 2ª fase do Concurso

“À conquista de novas tendências de mercado e consumidores”, o concurso de Design e Criatividade promovido pela Verallia Portugal e apadrinhado pelo célebre designer Professor Doutor Francisco Providência, irá contar com 94 alunos da área de Design do Ensino Superior.image
Após o encerramento das inscrições, no passado dia 16 de Fevereiro, a Verallia Portugal deu início à segunda fase do concurso e aguarda a entrega dos 94 projectos, até dia 20 de Abril de 2014.
A realização dos projectos criativos deve ter como base novas soluções de vidro de embalagem, direccionadas a nichos de mercado ou mass-market, que ofereçam diferentes vantagens e distinção aos consumidores no mercado vidreiro. No desenvolvimento deste projecto, os alunos devem criar essas mesmas soluções em função de um público-alvo específico, tendo em consideração as questões económicas do lançamento de uma garrafa ou de um boião em vidro.
Após a recepção e classificação de todos os projectos, a Verallia Portugal, em parceria com clientes, órgãos de comunicação social especializados em vinho e embalagem, bem como uma agência de design e tendências, irá premiar as cinco melhores criações, durante o 2º trimestre de 2014. Aos três primeiros classificados está reservado o direito a um prémio financeiro. No que diz respeito ao quarto prémio será reservada a possibilidade de ingressar a equipa Verallia Portugal num estágio de Verão. Quanto ao quinto prémio, este será baseado numa entrevista com o Director Geral e com a Directora de Recursos Humanos.