A cerveja no SIMEI

imageTradicionalmente focado nas tecnologias do vinho, o SIMEI tem vindo a alargar o seu âmbito temático a outras bebidas e líquidos alimentares.

O engarrafamento de cerveja começou a marcar presença em edições anteriores com a exibição de alguns equipamentos. A GAI, por exemplo, apresentou enchedoras para cervejas, visando sobretudo o mercado da cervejas artesanal. A ‘craft beer’ está em crescendo também na Europa e por isso este ano, pela primeira vez, o SIMEI inclui o tema no seu programa de actividades: workshops, um sensory bar e a divulgação de um estudo sobre o mercado e as tendências no mundo das cervejas artesanais. Lado a lado com as provas de vinhos e de azeites,o SIMEI terá provas de cervejas artesanais.

imageDesde o princípio do século, a Itália passou de 6 para 800 fabricantes de cervejas artesanais. A tendência, com fortes associações turísticas e culturais, é similar no Japão, EUA, na Austrália e também na Europa. Segundo as estimativas da Unione Italiana Vini, a associação organizadora do SIMEI, a cerveja artesanal representa apenas 4% do mercado das bebidas de referência, mas regista taxas de crescimento entre 10% e 20%.

Pelos vinhos, azeites ou cervejas, o SIMEI será ponto de encontro dos engarrafadores nos dias 3 a 6 de Novembro de 2015, em Milão.

Anúncios