GAI: inovações técnicas no SIMEI

Especialista em sistemas monobloco para engarrafamento de vinhos e bebidas, a GAI (Itália) apresenta no SIMEI (Milão 22 a 26 de Novembro) diversas melhorias técnicas nas suas máquinas.

Limpeza mais fácil
Os bicos de enchimento com peças roscadas foram substituídos por soldaduras laser, assegurando uma limpeza mais fácil e eficaz. Paralelamente, todos os monoblocos que envolvem utilização de líquidos têm um sistema de recolha e evacuação mais eficaz, mantendo a parte inferior da máquina mais limpa.

Construção por medida
Com décadas e experiência na construção em série e capacidade de engenharia para construção modular, a GAI está actualmente em condições de  fornecer máquinas “por medida”, em função das necessidades específicas do engarrafador. As máquinas “por medida” resultam da combinação de componentes modulares do extenso programa de fabrico da GAI.

Mais flexibilidade na rotulagem
imageEspecialista em monoblocos para cadências até 3000 garrafas/hora, a GAI não descura o mercado das máquinas semi-automáticas e de menor cadência. Exemplo disso é a nova rotuladora semi-automática capaz de aplicar cápsula, gargantilha e rótulo em garrafas de champagne. O processo de aplicação é totalmente automático a partir da colocação manual da garrafa no alimentador de entrada. A mesma máquina pode ser utilizada (alternadamente) para capsulagem e rotulagem de vinhos.

Das isobarométricas à cerveja
A partir da experiência de construção de monoblocos para enchimento e fecho de vinhos gaseificados, a GAI desenvolveu monoblocos específicos para enchimento de cervejas. Estas máquinas de enxaguamento, enchimento e fecho vêm dar resposta às necessidades do mercado, em que ganham importância as cervejas “especiais” e a diferenciação face às cervejas de “grande volume”.

image

Mudança automática de formato
Com as máquinas rimageotativas tradicionais, a mudança de formato em máquinas está associada à troca de estrelas e outros componentes, o que implica tempo e operadores devidamente preparados. A GAI desenvolveu soluções que minimizam o tempo de mudança de formato, tais como os sem-fins universais (que se ajustam a todos os formatos), as estrelas com regulação e, mais recentemente, as estrelas auto-ajustáveis às variações de formato das garrafas.

Mão-de-obra e ergonomia
A reposição de rolhas e cápsulas ao nível do solo tornou-se standard nas linhas de engarrafamento, de forma a evitar que o operador e reposição tenha que usar escadas para aceder à tremonha do alimentador. No SIMEI, a GAI apresentou novas variantes para esta solução. Uma delas é a instalação de tremonhas de maior capacidade, para diminuir a frequência da opimageeração de reposição. O mesmo operador pode estar a desempenhar outras tarefas na linha, ou mesmo responsabilizar-se pela reposição em várias linhas. Outra variante é o sistema de tremonha transportador-elevador e alimentador com altura até 2,5m, projectado a pensar nas empresas prestadora de serviços que necessitam de instalar os equipamentos em camiões.

 

A GAI é representada em Portugal pela ACAL.

Anúncios