Norma ISO promove design acessível para embalagens

Qualquer pessoa pode encontrar embalagens ou produtos difíceis de abrir. Essas dificuldades são maiores para as pessoas idosas ou com capacidades reduzidas. A ISO (Organização Mundial de Normalização) contribui para encontrar soluções através de uma norma sobre porjecto de embalagens fáceis de usar pelos idosos, pelas pessoas com capacidades reduzidas e pelos consumidores em geral.

A norma ISO 11156:2011, Packaging – Accessible design – General requirements, fornece o enquadramento para o desenho de embalagens que tenha em conta as várias capacidades físicas e sensoriais dos consumidores, para assegurar que as embalagens possam ser usadas não só pelas pessoas que tenham capacidades visuais, auditivas, motoras ou cognitivas diminuídas, mas também por todos os idosos, pelas pessoas temporariamente incapacitadas e naturalmente por todos os que não tem qualquer incapacidade.

A norma está de acordo com os documentos ISO/TR 22411:2008 e ISO/IEC Guide 71:2001, destinados sobretudo aos designers e avaliadores que trabalham no campo da normalização. Pode ser utilizada por fabricantes, laboratórios, prestadores de serviços, formadores e outros.

As considerações e recomendações da norma são baseadas em princípios de ergonomia necessários para aumentar a acessibilidade das embalgens em todos os seus aspectos, tais como a informação, a identificação, a manipulação, a abertura, a remoção do conteúdo, a armazenagem, e também as operações de separação e deposição destinadas a assegurar o  destino adequado para as embalagens usadas.

O design acessível das embalagens é uma preocupação mundial, na medida em que permite a todos usar as embalagens de forma segura, confortável e satisfatória, independentemente da idade, capacidade perceptiva e cognitiva, nível de capacidade física, idioma e cultura. O tópico da acessibilidade tornou-se mais importante com o aumento da percentam de pessoas com mais idade na população mundial e com a necessidade ter em conta as incapacidades ou limitações neste grupo demográfico, conforme expresso pela Convenção das Nações Unidas sobre os direitos das pessoas com incapacidades.

O Dr. Jen Sagawa, coordenador do grupo de trabalho que desenvolveu esta norma, considerou: "Por todo o mundo, os produtos embalados são cada vez mais utilizados por pessoas idosas. Mais ainda, a globalização aumenta a circulação das embalagens através das fronteiras, causando problemas devidos às diferenças de linguagem e de cultura. Esta norma, e várias que se seguirão, vão ajudar um elevado número de pessoas a usar produtos embalados sem as restrições frequentemente impostas pela idade, pelas incapacidades ou pelas diferenças de nacionalidade. O benefício económico virá do facto de os produtos desenvolvidos com design acessível poderem ser comprados por um número mais elevado de pessoas, incluindo idosos e pessoas com incapacidades, os quais são actualmente uma parte significativa dos consumidores com poder de compra".

A norma ISO 11156:2011, Packaging – Accessible design – General requirements, foi desenvolvida pelo comité técnico ISO/TC 122, Packaging, grupo de trabalho WG 9, Accessible design for packaging. Para adquirir esta norma, clicar AQUI.

Anúncios