Mercado mundial da cerveja: crescimento desigual

Com um crescimento médio anual na ordem dos 2,8% (2009-2015), o consumo de cerveja vai exceder os 2 mil milhões de hectolitros em 2013 – prevê a Canadean no relatório “Global Trends of Beer”. O crescimento será, no entanto diferenciado: Ásia e África terão um crescimento de 5%, a América Latina deverá manter-se nos 3%, a Europa Leste, 1,5% e a América do Norte, 0,5%, enquanto a Europa Ocidental deverá registar um decréscimo no consumo. A China será o grande protagonista; segundo as previsões da Canadean, deverá ser responsável por um quarto do consumo mundial de cerveja em 2015. Aumentos significativos são esperados em Países como Casaquistão, Vietname, Angola e Índia. A Alemanha, a Holanda, o Canadá, a França e o Reino Unido deverão reduzir os seus consumos domésticos. Na Europa Ocidental, apenas a Finlândia, Itália, Noruega, a Espanha e Portugal deverão registar crescimento do consumo de cerveja.

Anúncios