Produção de aerossóis pode registar novo recorde em 2010

image A produção de aerossóis de alumínio aumentou 15% no primeiro semestre de 2010 contabilizando os dados das empresas filiadas na associação AEROBAL, que representa cerca de 70% do mercado global. A produção atingiu os dois mil milhões de unidades. O sector recupera da descida de 2009, e ficou cerca de 3% acima do ano recorde de 2008. Em 2009, foram as encomendas da Ásia e da América do Sul que compensaram as quedas de vendas na  Europa, mas em 2010, os fabricantes europeus aumentaram as suas vendas em 17% (1º semestre).

 

Este aumento pode ser atribuído ao aumento da procura mundial, especialmente nos segmentos dos desodorizantes (mais 19%), produtos para cabelo (mais 15%), cremes de barbear (mais 40%) e produtos farmacêuticos (mais 12%). "Em particular, o aumento do número de relançamentos e promoções por parte de grandes clientes, conjugado com a tendência para novos formatos de embalagens, conduziu a um crescimento dinâmico na primeira metade deste ano" – diz Florian Nussbaum, presidente da AEROBAL.

O crescimento actual ocorre em paralelo com os aumentos significativos dos preços das matérias-primas e outros materiais necessários a esta indústria, tais como tintas, lacas, serviços de transporte e tratamento de subprodutos, provocando a compressão das margens dos fabricantes de aerossóis. Por outro lado, têm surgido dificuldades pontuais de fornecimento, agravadas pelo facto de os clientes colocaram encomendas com quantidades mais pequenas e com prazos mais curtos. Os fabricantes de aerossóis têm que ter dispor da sua capacidade de produção de forma mais flexível.

O sector continua optimista relativamente às perspectivas para o resto do ano. Não só não existem sinais de abrandamento da procura como se continua a registar a tendência para o aumento das encomendas na Europa, na América do Sul e na Ásia, provocando, em alguns casos, o aumento dos prazos de entrega. Com base nestes pressupostos, o sector acredita que 2010 poderá registar um novo recorde de produção a nível global.

Anúncios