Europa lidera reciclagem de papel

O relatório mais recente do ERPC (European Recovered Paper Council) indica que a Europa atingiu um recorde de reciclagem de papel em 2009. A taxa de reciclagem atingiu os 72,2%, ultrapassando o objectivo de 66% anteriormente assumido pela indústria. A quantidade de papel reciclado nas fábricas de papel atingiu os 58 milhões de toneladas.

 image

"A recessão económica de 2009 fez diminuir o consumo de papel até ao nível de 1998. Isto, juntamente com o esforço da indústria no sentido da reciclagem, levou a uma subida, pela segunda vez, da taxa de reciclagem, resultando num nível recorde de 72,2%" – explica Jori Ringman, secretário geral do ERPC. A taxa de reciclagem é a relação entre a reciclagem e o consumo de papel.

Poderá registar-se um movimento inverso quando a economia recuperar, já que se a reciclagem não acompanhar imediatamente a retoma do consumo de papel, a taxa de reciclagem poderá descer temporariamente. O ERPC prevê que a taxa de reciclagem no final de 2010 se situe ao nível dos 70%.

"A reciclagem é intrinsecamente um mecanismo auto-ajustável que, num período de três a seis meses, se adapta ao volume do consumo" – refere Ringman. "Por tendência, a indústria continuará a prosseguir o seu caminho para metas de reciclagem  ambiciosas de reciclagem dee papel, com taxas de reciclagem crescentes na Europa" – acrescenta. Desde 1998, o ano do primeiro compromisso voluntário do sector, a indústria do papel aumentou a reciclagem mais de 45%, passando de menos de 40 milhões de toneladas de papel reciclado anualmente para 58 milhões de toneladas em 2009.

Anúncios