Soro de leite pode ser barreira ao oxigénio na embalagem alimentar

wheylayer O projecto Wheylayer, iniciado em Novembro de 2008, envolve várias empresas e institutos de investigação europeus com o objectivo de investigar as possibilidades de utilização de soro de leite como camada barreira ao oxigénio em filmes para embalagem alimentar. Até agora, foram produzidos diversos filmes, em que o revestimento com proteína de soro de leite é uma camada intermédia aplicada em filmes de PET posteriormente laminados com PE. Até ao momento, as experiências confirmam as razões que motivaram o projecto.

Os filmes de PE e PP apresentam boas propriedades barreira ao vapor de água mas necessitam de polímeros ou copolímeros como o EVOH ou PVDC para terem a necessária barreira ao oxigénio. Estes materiais são eficazes como barreira mas têm implicações económicas e dificultam a reciclagem. O revestimento com proteína de soro de leite mostrou-se capaz de assegurar elevada barreira ao oxigénio em condições de humidade baixa ou intermédia, em termos comparáveis com os materiais barreira sintéticos. Está portanto aberta a possibilidade de substituição da barreiras sintéticas por barreiras naturais baseadas no soro de leite. Os ensaios também mostraram que os filmes e laminados com revestimento wheylayer têm propriedades mecânicas adequadas para aplicação em embalagem alimentar. A camada de soro de leite adere bem aos filmes.
Também estão em desenvolvimento soluções de embalagem activa com anti-microbianos e anti-oxidantes. Ensaios com vários produtos alimentares estão a ser efectuados para investigar o desempenho da camada Wheylayer na protecção de alimentos embalados contra contaminação microbiana, e também no retardamento da rancidez, em comparação com os materiais convencionais.
O trabalho futuro dos parceiros deste projecto está orientado para projectar os bons resultados obtidos à escala laboratorial e piloto para uma escala industrial e comercial. O projecto pode ter um impacto considerável em vários aspectos. Desde logo, cria uma aplicação de valor acrescentado para os actuais subprodutos de proteína de soro de leite. Além disso, substitui plásticos baseados no petróleo e aumenta a reciclabilidade dos filmes.
Mais informação sobre este projecto pode encontrar-se em AQUI ou na feira
INTERMOPRO dedicada aos produtos lácteos, que decorre entre 12 e 15 de Setembro em Dusseldorf, Alemanha.

Anúncios