Lisboa expande recolha porta-a-porta

A Câmara Municipal de Lisboa prevê alargar o sistema de recolha selectiva porta-a-porta a toda a cidade, substituindo os ecopontos. A cidade de Lisboa tem um sistema porta-a-porta para a recolha indiferenciada desde há várias décadas, mas optou pelos ecopontos quanto se generalizou a recolha selectiva a todo o País. O sistema porta-a-porta para os materiais recicláveis (embalagens, jornais e revistas) abrange actualmente 38% das habitações de Lisboa. Deverá abranger toda a cidade até 2014.
A recolha porta-a-porta é considerada mais limpa e mais eficaz quanto a quantidades recolhidas. No entanto, envolve mais informação dos cidadãos no sentido de separaram os seus resíduos. A recolha continua a ser diária, mas segmentada: 3 dias para lixo indiferenciado, 2 dias para as embalagens e 1 dia para papel.

Anúncios